Eurico Borba, Relexões sobre a Crise Global ......

Sociologia´, Política e Religião

Textos

Desassossego


Mês de agosto, quase sempre um mês desastroso para o Brasil... Inquietou-me, neste fim de semana, comentário de um jornalista na TV. Disse, mais ou menos o seguinte: o povo está tão envergonhado com o país que quaisquer fatos novos, que afete expressiva parcela da população, tipo aumento dos transportes, ou dos combustíveis, ou atraso generalizado de salários, ou greve por vários dias de serviços essenciais, poderá vir a ser a faísca necessária para fazer explodir, desorganizadamente, a ira e a frustração que se espalha de norte a sul do Brasil, com consequências inimagináveis.
Enquanto alguns se angustiam com a situação nacional os políticos, debochadamente, fazem acordos, vendem seus votos, viajam, impõem condições para comparecer ao Congresso, desprezam a vontade de mudança de comportamento exigido pelo povo, cansado de ser enganado.
Há anos eu e alguns outros pregamos eleições gerais já, como única forma de salvar a destroçada nação. Hoje começo a pregar uma
REVOLUÇÃO JÁ: - TIREMOS, AOS BOFETÕES, A CANALHA DE BRASÍLIA, EXCETO O DIGNO PODER JUDICIÁRIO QUE DEVERÁ PRESIDIR IMEDIATA ELEIÇÕES GERAIS E UMA CONSTITUINTE EXCLUSIVA, PARA PURIFICAR A ORDEM POLITICA E ATUALIZAR A ATUAL REMENDADÍSSIMA CONSTITUIÇÃO.
Eurico de Andrade Neves Borba
Enviado por Eurico de Andrade Neves Borba em 01/08/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras